quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Vai dizer que o tempo não parou, naquele momento...




Minha semana começou de forma absolutamente mágica. Sete dias antes, eu descobrira que depois de dois anos (quase) exatos o Jota Quest estaria de volta em Sorocaba, desta vez com a turnê "La Plata". A partir daí, tinha início um "ritual", que sempre pratico quando decido frequentar eventos deste porte: descobrir os contatos da organização para verificar se as condições de segurança e acessibilidad
e "permitem" que um cadeirante consiga se divertir, sem enfrentar algum tipo de problema.
Havia também outro item do qual eu não poderia me esquecer: conseguir uma carona. Por último, eu vi despertar uma vontade que já estava algum tempo adormecida: entrevistar o Rogério Flausino. Se o esclarecimento se faz necessário, devo dizer que já há algum tempo acompanho - e admiro - a trajetória da banda. A conversa com o vocalista era, antes de tudo, um projeto pessoal, que eu vinha tentando - sem muito sucesso - há pelo menos dois anos.

Eis um resumo rápido da semana pré-show: as primeiras pessoas a me oferecerem carona tiveram um pequeno contratempo e não puderam ir. Consegui os contatos da empresa que ofereceu o show e mandei um e-mail solicitando minha credencial de imprensa. A resposta não vinha.
Mas, já na sexta-feira, a situação começa a melhorar. Sem que eu precisasse fazer muito esforço, os problemas se dissolveram. A liberação da credencial foi conquistada com apenas um telefonema. Na noite de sábado, eu tinha outras duas ofertas de carona. Optei por ir com a pessoa com quem havia me comprometido primeiro. Começava aí um domingo mágico...
Posso afirm
ar que ganhei vários presentes antecipados neste 2/08/2009. O primeiro foi finalmente poder conhecer "em carne e osso", "tete a tete", "cara a cara" a Michelle - uma amiga virtual tão ou mais "jotamaníaca" do que eu. Informo a vocês que ela já foi em apenas 36 shows da banda (e eu todo feliz porque era o meu sexto, risos). Também devo destacar quão gente boa é o marido dela, o Ramiro - que ela gentilmente "me emprestou" para fazer companhia na área vip, sem esquecer da irmã e da amiga bacana.
Somam-se à boa companhia, a beleza do PARQUE DAS ÁGUAS (embora eu seja natural de Sorocaba, eu não conhecia o local) e a completa infraestrutura disponibilizada pelo Poder Público e Telefônica. Deixo aqui meus parabéns a toda organização do evento.
Chegamos cedo: o início do show estava marcado para às 17h, mas três horas antes já estávamos lá. Com isso, ganhamos outro presente: pudemos acompanhar, junto com outras pessoas que lá estavam, a passagem de som (ensaio) para o show. Descobrimos, em primeira mão, as canções que seriam interpretadas em duetos. Foi, praticamente, um show extra.
A grande hora se aproximava e fomos eu e Ramiro para a área vip. A medida que o tempo passava, mais e mais pessoas chegavam. É impossível descrever os momentos que se seguiram. Além dos sucessos do Jota, o público foi presenteado com o talento de Toni Garrido e Ana Cañas, interpretando canções próprias e de outros grandes nomes da nossa música. Foi um espetáculo marcado pela tranquilidade.
Quando as luzes se apagaram, só me restava esperar pela coletiva. Fomos para a porta do camarim, onde descobrimos que a imprensa seria atendida em pequenos grupos. Talvez eu nem tivesse sido recebido (esses momentos pós-show são um tanto burocráticos), não fosse a intercessão do Toni Garrido (valeu demais cara!).
Assim que ele deixou a sala de entrevistas, Ramiro perguntou se ele podia tirar uma foto comigo, pedido este que foi quase prontamente atendido: bem-humorado, ele perguntou se eu podia ser um cavalheiro e esperar ele fotografar primeiro com duas meninas que também estavam esperando.
Logo depois, ele veio ao meu encontro e eu aproveitei a oportunidade para dizer que era jornalista. Perguntei a ele se podia entrevistá-lo ali mesmo, uma vez que eu já estava aguardando há um tempo. Assim que terminou de responder as perguntas, ele pediu que eu fosse recebido. Assumiu a direção da minha cadeira, abriu passagem e me levou até a sala onde estavam Rogério e Ana Cañas.
Lá dentro, encontrei um Flausino simpaticíssimo e totalmente descontraído. Ele me pede um minuto para pegar uma cadeira e senta-se ao meu lado. Quebrando o protocolo - a informação de bastidor era que cada veículo poderia fazer apenas duas perguntas - começamos a conversar sobre diversos assuntos, como o CD em espanhol e as expectativas para o Prêmio Multishow. Passaram-se alguns minutos, que para mim pareceram horas, até que alguém sinalizou que eu não tinha mais tempo. Rogério, muito educado, ainda pediu desculpas pela correria.
Só então me dei conta do que havia acabado de acontecer. Embora mais pessoas estivessem naquele local, a sensação que eu tinha era a de que estávamos só eu e ele, apenas. Rogério, certamente, deve estar acostumado a atender muitas pessoas depois dos shows - e ele faz isso com extrema desenvoltura - mas ele não tem noção do que aqueles minutos significaram para esse "jorfãlista" que vos escreve. Com toda certeza, o tempo parou naquele momento.

PS 1: Para ler a entrevista, clique aqui.

PS 2: Estava eu escrevendo este post, quando descobri que esse show foi muito marcante também para o Flausino. Ele postou uma mensagem supercarinhosa no blog oficial da banda, agradecendo o público sorocabano. Nós é quem temos que agradecer pelos momentos mágicos. Deste 2 de agosto, ficam na memória momentos únicos. Mas, como a vida tem que continuar, resta-me esperar pelo próximo show (e pelo próximo papo), que, se Deus quiser, acontecerá muito em breve.


6 comentários:

lleel disse...

Piero, gostaria de te desejar um FELIZ ANIVERSÁRIO. Que sua vida seja sempre repleta de muita alegria, sabedoria, sáude, paz, sucesso e muitos outros momentos mágicos. Parabéns por todas as suas conquistas.
Beijos Dani

michelle disse...

Me permite dizer o que ele diz, mas tem que ser editado?

Rogério Flausino é "do caralho"...rsrsrsrsrsrsrsrsrs!!!

E você, pode ter certeza que é merecedor de tudo isso ai. As coisas só acontecem em nossa vida quando temos merecimento. Isto é fato.

Olha, cara,parabéns pelo seu aniversário, você é um guerreiro, um lutador e principalemnte um vitorioso. Admiro sua garra, mesmo...

Obrigada pelo minha participação no post ai, rsrsrrs, to doidona na foto,rsrsrs,aliás, você bem viu que sou doidona né... mas aquilo tudo era mais reflexo da felicidade que eu estava sentindo.

Você viu que bem mais que amar "a Banda", eu já tenho laços afetivos dentro dela,(Adriano,Daniel) e os que me aparecem ao longo daquela grade, como a Jo, você e tantos outros que conheci nessa mesma vibe.

Eu não gosto do Rogério não,eu amo ele, prá toda minha vida... o Flau, é um desses seres humanos raros, é humano,não é uma máquininha de fazer música, ele cansa, erra, já te falei disso outras vezes, mas é especial...

O Jota Quest prá mim é tipo respirar, faz parte do dia a dia, é vital saco?! Eu até rezo por eles antes de dormir,rsrsrsrsrs...

Nossa falei demais, um abração, um beijo enorme prá mamis Fátima, diz que o cafezinho vou aí tomar qualquer dia desses...

E tudo de melhor que possa existir na sua estrada... Feliz Aniversario.


Beijotas sonoras Michis

Giuliano disse...

Olá Piero,

Sou humilde em dizer que esse foi meu primeiro show (de muitos !!!!) do Jota Quest ! Esse show foi maravilhoso, eu consegui ver muito bem pois fiquei em um lugar muito bom. As versões das músicas, o Toni, a Ana, os três juntos... D+!!!!! Quero agradecê-lo pelo blog, pelo carinho. Li tb o blog do Rogério agradecendo a cidade... sem palavras!

D+!

Mto obrigado!

(Rogério é do caralho!!!!)
(E sim, o tempo parou naquele momento...)

Ana Cláudia disse...

ah, cara..eu estava do teu lado!!! escreves muito bem(tenhu certeza q não sou a primeira a dizer, mas..), parabens!! e nao exagerou em nada do que disseste aki!!! J Quest eh d+!!! consegui umas poucas palavras e autografos com eles tbm..e a paleta do Marco na minha maozinha...vc deve ter visto!!!legal conseguir uma entrevista!!t+

Ana Cláudia disse...

ah, tudo isso eh vdd q disseste (alias, escreves muito bem, deve saber)...vc estava do meu lado!! conseguui atenção deles tbm hehe algumas palavras, abraços , autografos e paleta dada na mao pelo Marcos!! deve ter visto, pois vc estava do meu lado hehehe muita paz!! o show foi d+!!!

Ana Laura disse...

Q presentão de aniversário heim....
Q este seja apenas o início de uma brilhante carreira.
Espero q vc consiga realizar tds os seus sonhos e seja mto feliz sempre.
Te adoro!!!!
Bjus.