domingo, 7 de março de 2010

Conheça o projeto "Praia para Todos"


Crédito do Vídeo: Globo.com


Olá meus amigos, tudo bem? Ir à praia sempre foi um dos programas preferidos do brasileiro, especialmente em dias tão quentes como os que estamos vivendo. Embora a minha última ida tenha bastante tempo (tenha certeza de que é mais tempo do que você pensa, risos), lembro-me que ficava num apartamento do último andar de um prédio sem elevador.

Como eu era criança, a tarefa de me carregar não era tão árdua assim, hoje isso seria bem mais pesado. Outra recordação é que sempre alguém tinha que entrar comigo no mar. Trago esse assunto aqui porque, na semana passada, tomei conhecimento de uma iniciativa muito bacana, que vale a pena ser divulgada e, principalmente, copiada. Alô, governantes!

Na novela "Viver a Vida", a personagem Luciana (Alinne Moraes) - que ficou tetraplégica após um acidente - foi a praia com um grupo de amigos e foi assistida pelo projeto "Praia para todos", que tem como objetivo oferecer, além de banho de mar assistido, inúmeras atividades de recreação e lazer, bem como a iniciação ao esporte adaptado, com intuito de potencializar valores e atitudes pessoais e sociais, proporcionando prazerosos momentos de descontração e lazer em pleno ar livre.

O "Projeto Praia para Todos – Lazer e Desporto Adaptado nas Praias Cariocas" é uma iniciativa do "Espaço Novo Ser", tem caráter itinerante e acontece aos domingos das 09:00 às 14:00 horas durante todo verão, contemplando diferentes cenários litorâneos e diferentes comunidades cariocas.
A infraestrutura básica é composta por vagas de estacionamento reservadas nas vias de acesso à praia, rampas de acesso a areia, esteira para passagem de cadeira de rodas, sinalização sonora e piso tátil para pessoas com deficiência visual, banheiros adaptados, cadeiras anfíbias e tendas. 

As atividades programadas e administradas por profissionais especializados se diversificam de acordo com a demanda dos usuários, com destaque para o surf adaptado oferecido pelo surfista consagrado Rico de Souza e o voleibol sentado de praia, a mais nova modalidade paradesportiva, em parceria com Débora Morand, bem como o tradicional futebol e frescobol e a consagrada peteca. 
E claro, como de praxe a piscina infantil, os jogos recreativos e os brinquedos cantados, que a gurizada adora. Assim como os jogos de tabuleiro e de mesa, entre outras atividades, congregando, o que há de mais sagrado dentro do contexto social, o direito de ir (estar) e vir, inclusive na praia, em sua plenitude.

Para permitir o acesso dos cadeirantes à areia é utilizada a esteira Mobi-mat, feita de fibra de plástico trançada e com comprimento de 30 metros. Isso só foi possível graças ao patrocínio da empresa Michelin, que a importou do exterior exclusivamente para o projeto.
Finalmente, aproveito para cumprimentar Manoel Carlos, Alinne Moraes, bem como todo o elenco e equipe da novela, por abordarem esse tema de forma tão oportuna no principal produto da televisão brasileira. Acredito que a trama irá contribuir - e muito - para uma importante reflexão sobre acessibilidade e inclusão. É importante destacar a criação do blog "Sonhos de Luciana", que possibilitará uma interação cada vez maior entre ficção e realidade, marca registrada do autor.

Este blog, daqui por diante, abordará esse tema com mais frequência, como você poderá perceber já nos próximos posts. Afinal de contas, não importa a limitação que você tenha, o importante é viver a vida com plenitude.

Até a próxima!




Um comentário:

Fabi Yoko disse...

Piero, mais uma vez você me emociona com as palavras, mesmo elas sendo sérias e de origem informativa!
Isso mesmo! Gostei de saber que esse tema será incluso mais vezes aqui!
Beijos.

Pesquisar este blog