quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Cláudia Leitte extravasa simpatia







O lançamento da Revista ZZZ e a parceria com a Editora Clipping me deram um novo ânimo. Primeiro porque sempre é bom conhecer novas pessoas. Também pelo fato de que, depois de algum tempo escrevendo somente para publicações do segmento industrial, tive a chance de explorar outros assuntos. Não que eu não goste do que eu vinha fazendo até então - ao contrário, já começo até a sentir falta - mas precisava diversificar.
Como a ZZZ é uma revista que trata de famosos, sempre que há um evento interessante na cidade, vislumbro a possibilidade de transformar isso numa boa pauta. Depois de conseguir entrevistar o Flausino no Trio Tons (a matéria foi publicada na primeira edição), não havia tido a mesma sorte com a Pitty, no Vila Festival; era a hora de desequibilibrar essa balança.
Chegava a vez de Cláudia Leitte. Na semana da apresentação em Sorocaba fiz contato com a sua equipe, me apresentando e explicando a minha proposta. Ganhei de seus assessores a promessa de ser recebido antes do show. Assim sendo, escalei meu amigo de fé e irmão camarada Tiago Albertim e mais uma galera muito bacana para me acompanhar nessa empreitada.
Assim, na noite do último sábado, lá fomos nós. Chegamos, nos divertimos um pouco, e depois de um tempo, fomos à porta do camarim. Nessa hora, a expectativa é sempre a mesma: dentre as perguntas que eu planejei, escolher as mais relevantes, pois essas entrevistas pré / pós shows precisam ser rápidas e objetivas. Além de mim, Cláudia ainda atenderia ao pessoal do SBT São Paulo, do R7... ufa, tanta gente! Fico imaginando como os artistas tem disposição para responder, num curto período de tempo, perguntas sobre os mais variados temas... ou não! Eu particularmente acredito mais na primeira opção...
Fomos a primeira equipe a ser recebida. Logo que me viu, Cláudia teve a impressão de que já me conhecia, quando, na verdade, era a primeira vez que a gente se via. Antes de começar a entrevista, alguém da produção me explicou que eu só teria tempo para duas questões e, se desejasse, poderia complementar a entrevista via e-mail. Ao mesmo tempo em que o Tiago fazia as fotos, uma equipe da cantora também registrava o nosso encontro. Até desconfio qual era a finalidade, mas não vou postar aqui... (na matéria, há uma pista).
Cláudia então respondeu às duas perguntas previamente combinadas. Eu já ia me despedindo, quando ela sentenciou: "pode perguntar mais alguma coisa; ninguém vai dizer nada". Nesse tom descontraído, ela falou um pouco de seus projetos e outros assuntos, que vocês vão descobrir em breve, na segunda edição da ZZZ, que circula na segunda quinzena deste mês. Assim que a matéria for publicada, disponibilizo-a aqui.
Por fim, era a chegada a hora de me despedir. Ela disse-me que eu era muito gentil e galã - o que, cá entre nós, não deixa de ser verdade (risos) - e tiramos a "foto de fã". A última coisa que me lembro de ter dito foi que ela era merecedora de tudo que já havia conquistado. Essa, de fato, foi uma entrevista marcante: quem entrou lá foi o profissional, jornalista. Ao final da conversa, Cláudia havia ganhado minha admiração. A você Cláudia, todo meu respeito e carinho!!!


3 comentários:

Gracieli disse...

Legaal! Ela muito atenciosa, simpática, carismática, talentosa, e muito dedicada em tudo que faz! Claudinha é sensacional, um amor de pessoa por isso que eu a admiro como cantora e como pessoa! CanTTora, TE AMOssss!!

Mariana disse...

Pierito do meu coração. Como eu amo acessar seu blog e ler os textos perfeitos que vc escreve. Eu que nem ligava para a Cláudia Leite passei a gostar dela. Parabéns, meu querido, pelo talento de escrever, pela sua sabedoria e por ser tão competente naquilo que faz. Grande beijo da sua amiga que morre de saudades...

vic regina disse...

Claudia é um exemplo de simpatica de pessoa de artista e de mae! Só quem ja conheceu ela pode dizer isso.. ela é sensacional, merece o respeito e a admiraçao de todos! Claudinha te amo!

Pesquisar este blog